Terça-feira, 6 de Setembro de 2011

Razões fortes - Anedota #115

 

Um homem vai a uma casa de tatuagens. 
Chegando lá, diz ao tatuador: 
- Queria fazer uma tatuagem de uma nota de 500 euros no sexo! 
O tatuador responde: 
- Você está é maluco! Você nem imagina as dores que vai sentir!
- Não importa! Faça lá a tatuagem, que eu aguento as dores.
Mas, antes de começar, curioso o tatuador pergunta: 
- Mas para que raio quer a tatuagem da nota de 500 euros no pénis? 
- Olhe! - diz o homem - Dou-lhe três razões:
1º eu sou empresário e gosto de ver o dinheiro a crescer! 
2º a minha mulher é banqueira e gosta de ver o dinheiro a entrar e a sair!
3º o raio da minha amante, chupa-me o dinheiro todo!!!

 

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 10:05
link do post | comentar | favorito
Domingo, 21 de Agosto de 2011

O inquérito ao marinheiro - Anedota #105

 

Num inquérito que andavam a fazer, perguntam a um marinheiro:

- Quando chega a casa depois de uma viagem de vários meses, qual é a primeira coisa que faz?

- Faço amor com a minha mulher!

- E a seguir?

E a seguir? - Ponho as malas no chão!!

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 08:22
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 4 de Agosto de 2011

Rebuçados de mentol - Anedota #93

 

Ia uma Freira a caminho do convento quando uma loira lhe oferece boleia. A Freira entra no carro e começa a reparar no seu luxuoso interior:
- Mas que belo carro a Senhora tem! Deve ter trabalhado muito arduamente para o conseguir comprar.

Responde a loira:
- Olhe Irmã, por acaso não foi bem assim. Foi um empresário, com quem dormi durante uns tempo, que me ofereceu esta máquina.

Entretanto, a Freira olha para o banco de trás onde estava um bom casaco de vison e exclama:
- Oh! O seu casaco de peles é lindo! Deve ter custado uma fortuna…

Responde a loira:
- Não me custou muito pois bastou-me passar umas quantas noites com um futebolista…

Após ouvir isto, a Freira manteve-se calada durante o resto da viagem. Ao chegar ao convento foi para os seus aposentos tomar um relaxante banho. Estava a Freira no banheira quando ouve alguém a bater à porta do seu quarto…
- Quem é? – Pergunta a freira.

Responde uma voz masculina:
- É o Padre Afonso.

Furiosa diz a freira:
- Ah tu! Olha, vai à merda mais os teus rebuçados de mentol…

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 07:54
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 14 de Junho de 2011

A mulher que queria sexo a noite inteira - Anedota #50

Uma executiva de topo, numa viagem de trabalho, sentiu-se sozinha e decidiu telefonar para uma empresa de acompanhantes que estava publicada no quarto do hotel. Do outro lado, uma voz masculina sensual diz-lhe:
- Boa noite!

- Boa noite. Eu preciso de uma massagem… Não, espera! Na verdade o que eu quero é sexo! Uma grande e duradoura sessão de sexo, mas tem que ser agora! Estou a falar a sério! Quero que dure a noite inteira! Estou disposta a fazer de tudo, participar em todas as fantasias que vocês inventarem. Traz tudo o que tiveres de acessórios: algemas, chicotes, vibradores, pomadas… quero ficar a noite inteira a fazer de tudo! Vamos começar por espalhar mel pelo corpo um do outro, depois vamos lamber-nos mutuamente… ou tens alguma ideia mais quente? O que achas?

Do outro lado:
- Bem… na verdade parece-me fantástico… só que… para chamadas externas a senhora tem que marcar o zero…

 

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 07:54
link do post | comentar | favorito
Domingo, 12 de Junho de 2011

Menina casa com velho - Anedota #48

 

Uma menina casa com um velho de oitenta anos com Alzheimer.

Preocupada com a frágil saúde do seu marido, pede quartos separados para a noite de núpcias, não o vá fatigar em excesso.

Assim que se deitam, o seu marido irrompe pelo quarto e fazem amor. Ele despede-se e sai. Passado 10 minutos, o velho regressa ao quarto da noiva e voltam a fazer amor. Despede-se e sai… Mais 10 minutos, está o velho de volta e fazem amor novamente. Despede-se e sai.. Mais 10 minutos, lá está o velho de volta pronto para outra, a noiva espantada exlama:
- Ó amor, você para oitenta anos está em forma… Outras vez?! Nem um rapaz de vinte anos conseguiria!

O velhote espantado, olha em volta e diz:
- Mas eu já cá tinha estado?

 

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 10:45
link do post | comentar | favorito
Sábado, 4 de Junho de 2011

Tarzan e Jane na selva - Anedota #41

 

 

Devido à inocência de Tarzan, que viveu sozinho durante muito tempo, Jane dava-lhe aulas sobre sexualidade. Explicava-lhe tudo como se fosse uma criança:

- Olha Tarzan, isso que tens aí entre as tuas pernas, pendurado, é uma roupa suja e isto que eu tenho aqui entre as minhas pernas é a máquina de lavar. O que tens que fazer é pegar a tua roupa, colocar aqui na minha máquina e lavá-la.

Nas 5 noites seguintes Tarzan lavou a sua roupa sem parar e quando Jane conseguiu respirar disse:

- Escuta Tarzan, as lavagens de roupa não podem ser tão frequentes porque a máquina de lavar pode avariar, bem como, a tua roupa pode ficar gasta. Sugiro que esperes dois ou três dias para de novo lavares a roupa.

Ao ouvir isso Tarzan ficou decepcionado e ficou um mês sem colocar a roupa pra lavar.

Já preocupada, Jane disse-lhe:

- Tarzan, o que está a acontecer? Porque já há mais de um mês não lavas a tua roupa na minha máquina?

E Tarzan respondeu:

- Tarzan aprendeu a lavar a roupa à mão!

 

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 06:53
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 19 de Maio de 2011

Saudades - Anedota #25

 

 

 

Um homem estava deitado na cama com a sua nova namorada.
Depois de terem feito muito sexo, ela passou um tempo imenso acariciando-lhe os testículos.
Algo que ela parecia gostar imensamente.
Ele estava gostando bastante mas, com curiosidade, perguntou:
- Porque gosta tanto de acariciar os meus testículos?
E sua voz macia respondeu:
- Porque tenho saudades dos meus…

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 07:42
link do post | comentar | favorito
Domingo, 8 de Maio de 2011

O Jeep - Anedota #15

 

 

 

Um jovem tentava convencer a namorada a fazerem amor dentro do Jeep. 
Mas ela negava-se, dizendo que tinha medo de ser vista. 
Finalmente o jovem venceu a resistência da namorada, sugerindo-lhe que fossem para debaixo do Jeep onde ninguém os poderia ver. 
Passado um bocado um polícia aproximou-se e tocou no ombro do jovem, perguntando-lhe :

- " Oh amigo, o que está a fazer aí ? ". 

O jovem, sem se voltar, respondeu :

- " Estou arranjando a transmissão do carro ". 
" Já agora arranje também os travões, pois o Jeep foi pela ribanceira abaixo ", respondeu-lhe o polícia.


sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 08:53
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
16
17

21
24

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Razões fortes - Anedota #...

. O inquérito ao marinheiro...

. Rebuçados de mentol - Ane...

. A mulher que queria sexo ...

. Menina casa com velho - A...

. Tarzan e Jane na selva - ...

. Saudades - Anedota #25

. O Jeep - Anedota #15

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

.tags

. todas as tags

.favorito

. Diz que o Dia do Juizo Fi...

. Alemão multado em 1500 eu...

. O canhão - Anedota #27

. Bem feita - Anedota #32

. O Fazendeiro e o sexo ana...

. Inalaram cinzas de cremaç...

. Fã mata gato para imitar ...

. Passa veneno na vagina pa...

. Mulher ganha direito a ma...

. Lili Caneças e as plástic...

.links