Quarta-feira, 14 de Setembro de 2011

Estão a bater no meu pai - Anedota #121

O Joãozinho telefona para a polícia:
- Venham depressa que estão a bater no meu pai.

A policia chegou ao local o mais rápido que pôde e, virando-se para o menino, pergunta:
- Olha lá, qual dos dois que estão à luta é o teu pai?

E responde o Joãozinho:
- Não sei. É por isso mesmo que estão à pancada…

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 09:19
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 19 de Agosto de 2011

No regresso da missa - Anedota #104

No regresso da missa, o rapaz pergunta ao pai:

- Papá! Porque é que quando Jesus ressuscitou apareceu primeiro às mulheres?

- Não sei... Olha, se calhar queria que a notícia se espalhasse mais depressa...

 

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 09:07
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 19 de Julho de 2011

O relato - Anedota #79

 

Na escola, a professora tinha pedido aos alunos para escreverem e depois relatarem alto, para toda a aula, um acontecimento que fosse pouco habitual e que lhes tivesse acontecido recentemente.

Algum tempo depois, os alunos acabam de escrever e ela pede ao Joãozinho, o menino mais reguila, que leia o seu texto:
- Na semana passada, o meu pai caiu ao poço que nós temos no fundo do quintal lá de casa.

- Meu Deus! Isso é horrivel! – Exclamou a professora.

Preocupada com aquela história acrescenta:
- E como é que ele está?

Responde o Joãozinho:
- Acho que agora está bem, desde ontem que parou de pedir ajuda…

 

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 07:44
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 21 de Junho de 2011

Joãozinho apanha o pai e a tia atrás dum arbusto - Anedota #55

 

O pequeno Joãozinho faz uma descoberta interessantíssima enquanto brinca no jardim. Apressa-se a contra à mãe:
- Mamã, mamã, acabei de ver o pai a fugir para detrás de um arbusto com a tia Joana. Começou por lhe dar uns beijinhos, depois tirou as calças, a tia despediu-se e…

Interrompe a mãe:
- Não contes mais joãozinho, guarda o resto da história para o jantar, para quando o teu pai estiver presente. Quero ver a cara daquele sacana quando ouvir a história!

Ao jantar, a mão pede ao Joãozinho que repita a história. Diz o menino:
- Então é assim, eu estava a brincar no jardim e vi o papa a fugir para de trás dum arbusto com a tia Joana. Começou por lhe dar uns beijinhos, depois tirou as calças, a tia despiu-se e…

Impaciente a mãe:
- E o quê filho?

E diz o Joãozinho:
- … E desataram a fazer a mesma coisa que a mamã costuma fazer com o tio João na garagem!

 

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 09:25
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
16
17

21
24

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Estão a bater no meu pai ...

. No regresso da missa - An...

. O relato - Anedota #79

. Joãozinho apanha o pai e ...

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

.tags

. todas as tags

.favorito

. Diz que o Dia do Juizo Fi...

. Alemão multado em 1500 eu...

. O canhão - Anedota #27

. Bem feita - Anedota #32

. O Fazendeiro e o sexo ana...

. Inalaram cinzas de cremaç...

. Fã mata gato para imitar ...

. Passa veneno na vagina pa...

. Mulher ganha direito a ma...

. Lili Caneças e as plástic...

.links