Sexta-feira, 26 de Agosto de 2011

As freiras e a água benta - Anedota #110

 

Um comboio bate com uma camioneta cheia de freiras e todas morrem.
Chegam ao céu e todas tentam entrar.
São Pedro está na porta e diz:
- Tenham calma, tenham calma, não podem entrar assim. Para poder entrar façam uma fila e respondam à minha pergunta:
-Você Irmã Maria, alguma vez tocou num pénis?
- Foi só uma vez São Pedro, e só lhe toquei com a ponta do meu dedo mindinho.
-Muito bem Irmã Maria, tem de meter seu dedo nesta água benta e depois pode entrar.
- Voce Irmã Celeste, alguma vez tocou num pénis?
- Foi só uma vez São Pedro, e só foi com a mão esquerda.
-Muito bem Irmã Celeste, tem de meter sua mão nesta água benta e depois pode entrar.
Logo na fila começa uma desordem, porque uma das freiras que estava no fim da fila empurra as outras e chega à frente...
- Minha filha, tem paciência, porque empurras e não esperas pela tua vez?
- Óh meu Senhor São Pedro, é que eu tenho de bochechar antes que a Irmã Margarida meta o cú na água!

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 16:28
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 25 de Agosto de 2011

Cão guia descuidado - Anedota #109

Um invisual prepara-se para atravessar uma rua movimentada. O seu cão puxa por ele e obriga-o a atravessar na pior das alturas. Só por milagre é que não é atropelado.

Uma vez chegado ao outro lado, o invisual tira um biscoito do bolso e dá ao cão. Uma senhora indignada comenta:
- O senhor desculpe, mas o seu cão ia-o matando, não sei porque é que o está a recompensar…

Responde o cego:
- Eu não o estou a recompensar, é só para saber de que lado está o focinho para lhe dar um pontapé no cú!

 

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 09:50
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 6 de Junho de 2011

O ciganito e as azeitonas - Anedota #42

 

 

Um pequeno cigano, menor de idade, levava uma carroça cheia de azeitonas roubadas. Um pouco mais à frente, um polícia mandou-o parar. Como não tinha factura das azeitonas, licença para conduzir, nem dinheiro para pagar a multa, o policia deu-lhe um castigo de meter 10 azeitonas no cu.
O pequeno cigano cumpre o castigo, mas no entanto, por cada azeitona que o ciganito metia no cu, só gritava: ai o mê pai, ai o mê pai!!!
O policia, surpreendido, pergunta-lhe:
"Olha lá, porque é que estas só a gritar pelo teu pai?!!!"
Diz-lhe o pequeno cigano:
"É que o mê pai vem lá mais atrás com uma carroça carregada de melões!!!"
sinto-me:
música: ò rama, ò que linda rama, ò rama do olival :)
publicado por Lígia Laginha às 08:12
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
16
17

21
24

26
27
28
29
30


.posts recentes

. As freiras e a água benta...

. Cão guia descuidado - Ane...

. O ciganito e as azeitonas...

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

.tags

. todas as tags

.favorito

. Diz que o Dia do Juizo Fi...

. Alemão multado em 1500 eu...

. O canhão - Anedota #27

. Bem feita - Anedota #32

. O Fazendeiro e o sexo ana...

. Inalaram cinzas de cremaç...

. Fã mata gato para imitar ...

. Passa veneno na vagina pa...

. Mulher ganha direito a ma...

. Lili Caneças e as plástic...

.links