Terça-feira, 16 de Agosto de 2011

O cigano e as galinhas - Anedotário #101

Um cigano, que andava cheio de fome, acabara de roubar duas galinhas. 
 Levou-as para a beira de um rio, depenou-as e fez uma fogueira para as assar.  
Nisto passa um polícia e o cigano, atrapalhado, atira as galinhas para o rio.  
O polícia dirige-se a ele e pergunta: 
- Ó cigano! Andaram a roubar umas galinhas por estes lados. Sabes alguma coisa sobre isso? 
- Não, seu guarda! Eu num sei nada! 
O polícia olha para a fogueira e pergunta: 
- Ó cigano! Para que é a fogueira? 
- Então o seu guarda não vê que me estou aquecendo! 
O polícia, desconfiado, olha para as penas e diz: 
- E as penas? 
- Ah, ...é que as galinhas foram tomar banho e pediram para tomar conta da roupa!...

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 11:48
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 6 de Junho de 2011

O ciganito e as azeitonas - Anedota #42

 

 

Um pequeno cigano, menor de idade, levava uma carroça cheia de azeitonas roubadas. Um pouco mais à frente, um polícia mandou-o parar. Como não tinha factura das azeitonas, licença para conduzir, nem dinheiro para pagar a multa, o policia deu-lhe um castigo de meter 10 azeitonas no cu.
O pequeno cigano cumpre o castigo, mas no entanto, por cada azeitona que o ciganito metia no cu, só gritava: ai o mê pai, ai o mê pai!!!
O policia, surpreendido, pergunta-lhe:
"Olha lá, porque é que estas só a gritar pelo teu pai?!!!"
Diz-lhe o pequeno cigano:
"É que o mê pai vem lá mais atrás com uma carroça carregada de melões!!!"
sinto-me:
música: ò rama, ò que linda rama, ò rama do olival :)
publicado por Lígia Laginha às 08:12
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 26 de Maio de 2011

Bem feita - Anedota #32

 

Um casal de ciganos aguardava o nascimento do seu segundo filho.

Um dia na tenda rebentaram as águas à Micaela e o Lelo aprontou-se para lhe fazer o parto. O filho mais novo, Rafael, com seis anos assistia a tudo.

Ás tantas o Lelo conseguiu fazer nascer o bébe e para ver se o ciganito estava vivo pendurou-o pelos pés de cabeça para baixo e deu-lhe duas nalgadas fazendo-o chorar.

Nisto exclama o Rafael:

Toma! É bem feita para não te ires esconder na cona da mãe!

 

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 07:18
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
16
17

21
24

26
27
28
29
30


.posts recentes

. O cigano e as galinhas - ...

. O ciganito e as azeitonas...

. Bem feita - Anedota #32

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

.tags

. todas as tags

.favorito

. Diz que o Dia do Juizo Fi...

. Alemão multado em 1500 eu...

. O canhão - Anedota #27

. Bem feita - Anedota #32

. O Fazendeiro e o sexo ana...

. Inalaram cinzas de cremaç...

. Fã mata gato para imitar ...

. Passa veneno na vagina pa...

. Mulher ganha direito a ma...

. Lili Caneças e as plástic...

.links