Sexta-feira, 9 de Setembro de 2011

Vamos matar o porco? - Anedota #118

Numa quinta, um casal de alentejanos conversam.

Diz a mulher:
- Amanhã fazemos trinta anos de casados. Achas que devíamos matar o porco?

E responde o alentejano:
- Porquê? A culpa não é dele…

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 11:32
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 22 de Julho de 2011

Esta paisagem deixa-me sem palavras - Anedota #82

 

Um casal estava a fazer um passeio no campo. De repente, chegam a um vale e a mulher diz:
- Querido, esta paisagem é linda, deixa-me totalmente sem palavras.

Responde o marido:
- Perfeito! Vamos acampar aqui…

 

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 07:48
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 8 de Junho de 2011

O casal em viagem - Anedota #44

Um casal vinha por uma estrada do interior, sem dizer uma palavra. A discussão tinha sido intensa e nenhum deles queria dar o braço a torcer. Ao passarem por uma quinta em que havia vacas e porcos, o marido perguntou com ar sarcástico:
- Parentes teus?

Respondeu ela sem hesitar:
- Sim… Cunhados e sogra.

 

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 06:22
link do post | comentar | favorito
Domingo, 1 de Maio de 2011

O preto e o leque - Anedota #8

 

 

 

 

A Maria não conseguia atingir o orgasmo quando fornicava com o marido.
Certo dia, ela disse-lhe:
- Amor, esta noite tive um sonho incrível. Estávamos a fornicar na cama e em cima do móvel estava um preto com um leque que nos abanava e eu senti tanto prazer...
Os dois decidem realizar o sonho e saem para rua e encontram um preto na esquina. Oferecem-lhe 500€ para os abanar de cima do móvel enquanto eles fornicam. O preto aceita e os trés correm pro quarto. O casal começa com os preliminares e o preto abana o leque.
Infelizmente não dá nenhum resultado. A Maria então diz ao marido:
- Talvez seja melhor inverter os papeis, abanas tu o leque e ele vem aqui.
O Marido, meio perplexo, aceita. O preto vai para a cama e o marido vai para cima do móvel do quarto abanar o leque.
Pouco tempo depois a Maria grita de prazer e atinge o orgasmo. Quando os dois terminam, o marido desce do armário, vira-se pró preto e diz:
- Viste como é que se abana oh preto?


sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 07:11
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
16
17

21
24

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Vamos matar o porco? - An...

. Esta paisagem deixa-me se...

. O casal em viagem - Anedo...

. O preto e o leque - Anedo...

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

.tags

. todas as tags

.favorito

. Diz que o Dia do Juizo Fi...

. Alemão multado em 1500 eu...

. O canhão - Anedota #27

. Bem feita - Anedota #32

. O Fazendeiro e o sexo ana...

. Inalaram cinzas de cremaç...

. Fã mata gato para imitar ...

. Passa veneno na vagina pa...

. Mulher ganha direito a ma...

. Lili Caneças e as plástic...

.links