Terça-feira, 28 de Junho de 2011

O bêbado e a casa de banho assombrada - Anedota #61

 

O bêbado chega a casa cambaleando, mal encontra a porta. Com alguma dificuldade lá consegue entrar, dá uma mijinha e fala com a mulher que estava no quarto:
- Querida, acho que a nossa casa de banho está assombrada.

- Porquê, querido? – Pergunta a mulher.

Responde o bêbado:
- Não acreditas que quando eu abri a porta, a luz acendeu-se sozinha. Depois, quando a fechei, ela apagou-se. Deve ter alguma assombração!

Resmunga a mulher:
- Oh não! Mijas-te de novo no frigorífico…

 

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 09:13
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 13 de Junho de 2011

O Padre e o bêbado - Anedota #49

 

Num autocarro, um padre senta-se ao lado de um sujeito bêbado que, com alguma dificuldade, lia um jornal. De repente, com uma voz um pouco empastada, o bêbado pergunta ao padre:
- O senhor sabe o que é artrite?

Sem muita paciência e num tom irado, o padre responde:
- É uma doença provocada pela vida pecaminosa e sem regras: mulheres, promiscuidade, sexo, farras, excesso de consumo de álcool e outras coisas que nem ouso dizer!

O bêbado calou-se e continuou com os olhos fixos no jornal. Alguns minutos depois, o pároco achou que tinha sido muito brusco com o bêbado e, tentando amenizar, diz:
- Há quanto tempo o senhor está com artrite?

E o bêbado responde:
- Eu?… Eu não tenho artrite! Segundo este jornal quem tem é o Papa!!

 

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 18:17
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 31 de Maio de 2011

O bêbado no Inferno - Anedota #37

 

 

Um bêbado morre e vai pro inferno. Encontra o diabo e pergunta:

Onde é que param as mulheres?

Mulheres? - Exclama o diabo! - Aqui não há mulheres...

E o bêbado diz:

Olha, olha! Nao há mulheres... Vais-me dizer que esses cornos sairam-te na rifa...

 

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 07:38
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 10 de Maio de 2011

O bêbado e a fechadura - Anedota #17

 

 

 

Um bêbado, depois de conseguir, com muita dificuldade, chegar à porta de casa, tira alguma coisa do bolso e tenta metê-la na fechadura para abrir a porta. 
Depois de alguns minutos de infrutíferas tentativas, finalmente olha para o que tem na mão, um supositório e diz: 
- Bolas, onde será que enfiei a chave?

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 19:10
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
16
17

21
24

26
27
28
29
30


.posts recentes

. O bêbado e a casa de banh...

. O Padre e o bêbado - Aned...

. O bêbado no Inferno - Ane...

. O bêbado e a fechadura - ...

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

.tags

. todas as tags

.favorito

. Diz que o Dia do Juizo Fi...

. Alemão multado em 1500 eu...

. O canhão - Anedota #27

. Bem feita - Anedota #32

. O Fazendeiro e o sexo ana...

. Inalaram cinzas de cremaç...

. Fã mata gato para imitar ...

. Passa veneno na vagina pa...

. Mulher ganha direito a ma...

. Lili Caneças e as plástic...

.links